VOCÊ CONHECE O QUE SABE?

Há algum tempo venho observando a decadência moral de boa parte da população brasileira e, por que não, do mundo ocidental. O que antes era moralmente inaceitável torna-se virtude do dia para a noite, e ninguém sabe ao certo por que isso acontece nem como.  A vida humana passou a ter valor nenhum pois, conforme o mundo utópico socialista-evolucionista, ateísta portanto, nós não passamos de um amontoado de partículas atômicas que associadas conseguem fazer com que eu pense, lembre do passado e possa imaginar o futuro, consiga entender outra pessoa, enfim, coisas imateriais resumidas em sentidos vindos de forças atômicas materiais que não mantém relação física alguma com o que se passa em mim. Contudo, ninguém explica quando e como a primeira molécula teve uma idéia. Faço um parêntese: existem ateus intelectualmente honestos e sensíveis aos outros, e não militam para destruir qualquer manifestação de fé religiosa. Refiro-me aqui aos ateístas militantes, cujo ateísmo não passa de ideologia barata e revolucionária.

A ideologia penetrou em todas as camadas da cultura ocidental, contaminando-a por dentro. Hoje, poucas pessoas se dão conta de que vivem o socialismo porque já estão no automático, assim como um peixe não vê a água que o circunda e nem imagina que a mesma água faça parte dele também. Por conta disso, as pessoas desistem de buscar a realidade mesma e vivem em função do que lhes é ensinado sem sequer procurarem em si mesmas as verdades universais postas em cada um pelo Criador para estabelecerem comparações e chegarem à verdade. A ignorância passou a fazer parte do ser assim como a água faz parte do peixe. Passou a fazer parte das pessoas, transformando-as em autômatos que repetem o que sabem sem se darem ao trabalho de entender se é ou não verdade sólida o que lhes dá sentido à vida ou lhes tira o sentido dela. Enfim, as pessoas desconhecem.

Talvez, leitor, você esteja pensando que errei na frase anterior por não ter completado o verbo desconhecer. Mas, não. Foi proposital. Uma das causas da desmoralização da sociedade ocidental, e talvez a principal, seja o ato de desconhecer. Para que possamos compreender o que significa desconhecer é preciso, primeiro, entender o que significa conhecer.

Confundimos saber com conhecer. Saber tem o sentido de tomar contato com algo e estar ciente da sua existência. A ciência é isto e não passa disto. Conhecer é algo bem mais profundo do que apenas saber. De uma maneira bem simples, para que muitos possam entender, a palavra conhecer pode ser entendida como ‘com e ser’. Algumas vezes uma junção de palavras tem o sentido inverso do que queremos dizer com elas, assim, pode-se entender que conhecer é ‘ser com’. Como somente uma pessoa singular pode ‘ser com’ outra ou com alguma coisa que sabe, então, pode-se dizer que conhecer é ‘um ser com’, sem que o sentido se modifique.

Numa sala de aula o professor ensina um assunto. Alguns ficam sabendo, outros ficam  conhecendo. Os que sabem nem sempre conhecem, mas todos os que conhecem sempre sabem. Daí vem o sentido de sabedoria, que é a vivência do saber. Mas, para que isso ocorra, é necessário que o saber ultrapasse o lugar onde está e penetre fundo no entendimento. Quando isso acontece, o saber transforma quem o recebe e assim ocorre o ‘um ser com’ o que se sabe. A transformação é profunda e influencia a vida e os atos daquele que conhece algo, daquele que é ‘um ser com’ esse algo agora conhecido.

A Escritura usa o verbo conhecer nesse sentido mesmo. Veja o texto abaixo:

E CONHECEU Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem.”  (Gn. 4:1).

Veja que ‘conhecer’ não é ter relações sexuais, mas ‘um ser com’ outro, ou ‘um ser em’ outro. Pode-se entender também ‘ser um com’ outro, dando mais sentido. Por isso Deus diz que serão ambos uma só carne – dois em um – pois é assim mesmo que ocorre no relacionamento sexual. Daí tem-se a concepção. A palavra conceber significa tanto gerar quanto compreender. Compreender é apreender junto com. Apreender significa segurar, reter, prender. Reescrevendo o versículo:

E foi Adão um só com Eva, sua mulher, e ela reteve junto consigo a vida que dele vinha, e gerou um novo ser em si mesma, e trouxe Caim à luz, e disse: Alcancei do SENHOR um homem.” – ‘Foi um só com’ é exatamente o sentido de conheceu.

Disso, é possível ver a seriedade da relação sexual, do casamento, bem como do sentido da conversão. Uma pessoa pode saber de Jesus sem conhecê-Lo realmente. Conhecer é ‘ser um com’ de tal forma que haja transformação e vida. Jesus disse: “Eu sou o caminho e a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim”.

Tudo o que Deus cria prospera, vai adiante sem retroceder, gera vida e não morte, pois tudo foi criado por Ele e por intermédio Dele – a Vida. Sem Ele – Jesus – nada do que foi feito se fez.

Agora, talvez, fique mais fácil compreender por que boa parte da população mundial está decadente: porque desconhece, porque gera morte e não vida, porque não ‘é um com’ a Vida. O profeta Oséias escreveu as seguintes palavras do Senhor: Meu povo está sendo destruído porque lhe falta o conhecimento – Os. 4:6. Em outras palavras, meu povo sofre porque não é um comigo.

Quanto mais a igreja aceitar as doutrinas socialistas em seu meio, mais desconhecerá, pois tais doutrinas têm origem satânica. Satanás sabe a Bíblia mas não a conhece. Se a conhecesse, seria transformado pela Palavra de Deus, que lhe penetraria no mais profundo de seu ser e o mudaria em um ser novo, passaria a ‘ser um com’ Cristo. Lúcifer desconheceu Deus, por isso está na morte assim como todos os que saem deste mundo desconhecendo Cristo.

Eis o sentido de ‘nascer de novo’: vir à Luz, que é Cristo. Ser cristão não é lutar por uma causa, ainda que existam milhões de pobres no mundo. Ser cristão é ‘ser um com’ Cristo, é conhecer Cristo e ser conhecido Dele – Ele também passa a ‘ser um com’ aquele que O conhece. Se os pobres ‘forem um com’ Cristo, também nascerão de novo e serão transformados e transformadores. Ser um com Deus é desconhecer a miséria e a morte. Governos ideológicos sabem essa verdade, por isso lutam contra.

Eis o sentido do casamento entre Cristo e a Igreja: conheça Jesus, retenha a vida que vem Dele e gere novas vidas que têm como origem o Amor. Se você ainda não O conhece, já sabe o que fazer. Não há mundo melhor na ideologia da morte.

Um pensamento sobre “VOCÊ CONHECE O QUE SABE?

  1. Pingback: Manifestos espirituais | Palavradas

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s