MAIS DO QUE URGENTE!

Hoje vou tratar de um assunto que já deveria estar sendo tratado há mais tempo. O atraso ocorreu devido às pesquisas que precisei fazer para consolidar o que já me ocupava o pensamento. Antes de prosseguir, quero pedir aos leitores que considerem a leitura dos excelentes artigos:

As conseqüências econômicas da Nova Ordem Mundial

http://www.espada.eti.br/consequencias.asp – e

A falácia da Justiça Social

http://www.espada.eti.br/falacia.asp

São artigos traduzidos de autores estrangeiros, que estão observando as catástrofes  produzidas pelos globalistas esquerdistas e vem sendo denunciadas pelos conservadores há bom tempo.

O que mais me deixa preocupado é a desfaçatez com que alguns freqüentadores de igrejas cristãs estão tratando do assunto. É comum encontrar quem diga que tudo não passa de teoria da conspiração, mas sequer sabem o que isso significa. Esse termo foi criado para desmoralizar quem se atreva a desvendar os meandros da mais danosa farsa já montada no mundo. O que vem sendo feito no mundo é uma conspiração, mas não do mesmo sentido das conspirações comuns, pois não está velada: foi profetizada nas Escrituras judaico-cristãs há mais de 2500 anos! Quem conspira contra os homens é Satanás, e isso não é segredo para os cristãos. Portanto, usar o termo ‘teórico da conspiração’ não passa de ignorância adquirida pelo completo desmonte da capacidade de raciocínio perpetrado pelo mesmo sistema que arruma a corda para o enforcamento dos incautos.

Mas há outro ponto que quero destacar: a igreja está alarmando o mundo com a vinda do Senhor Jesus para nossos tempos. Como o Senhor não está para vir agora, porque algumas profecias ainda não foram cumpridas, os cristãos que alardeiam tal retorno para agora estão ajudando Satanás a zombar da igreja. É importante destacar o que diz Pedro:

Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda?

Este é mais um ponto que reforça a certeza sobre a volta de Cristo: não será antes da Grande Tribulação! Se quiser mais informações a respeito, baixe e leia meu breve estudo sobre a parábola das dez virgens. Deixo avisado que não sou a palavra final sobre o assunto, mas, se eu estou errado, nada de mau acontecerá. No entanto, se estou certo, aqueles que não ouviram os avisos proféticos passarão por sérios apuros. Jesus falou que cinco virgens eram prudentes, e o que estou tratando no texto refere-se a prudência.

Jesus virá e o tempo da sua vinda está mais perto agora do que no primeiro século, mas não podemos cair no engano de alardear essa vinda para agora, principalmente ditando os tempos como se fosse ocorrer já o aparecimento do iníquo. A igreja está apostatando, mas isso acontece desde o primeiro século. O engano já habita no meio do povo de Deus há milênios[1]

Até onde posso enxergar, estamos vivendo o período profetizado por Jeremias, cap.23: 7 a 20 e ss., juízo sobre a casa de Deus por causa da atuação dos falsos profetas. Veja o vs.9: “Quanto aos profetas…” – e observe que em muitos casos, apenas um profeta em centenas é aquele único que fala a palavra de Deus. Portanto, não é a maioria que mantém a verdade nestes casos.

Pedro também esclarece algo importante: “…andando segundo suas próprias concupiscências…”. Concupiscência significa desejo carnal desenfreado. Se isso lhe diz alguma coisa diante do que vemos ao nosso redor, ótimo! Se não, é melhor prestar mais atenção: ou você está fora do mundo ou não quer ver absolutamente nada por medo ou conivência.

Cada um de nós precisa estar atento ao que está ocorrendo no mundo e fazer algo a respeito, ainda que seja reproduzir os textos de alerta em algum blog ou panfleto, conforme o caso. É importante que você, leitor, não espere muito tempo antes de tomar uma decisão. Eu não escrevo para aqueles que zombam, mas para os que querem saber da verdade que pode ser confirmada pessoalmente.

Conforme o Senhor nos tem avisado há mais de vinte anos, há dois tipos de pessoas a quem ele se refere nas profecias: o povo que é dele e o povo que se chama pelo seu nome. Ao povo que se chama pelo seu nome, o Senhor tem dado avisos para que deixem de ouvir as doutrinas de homens e se voltem para a Sua palavra pura. É importante dizer que as Escrituras contém o que Deus quis dizer, não o que pode ser interpretado à vontade. As profecias têm por objetivo o testemunho de Jesus e só são compreensíveis mediante a ação do Espírito Santo sobre aquele que as lê. Pela mente lógica, racional, pouco se pode compreender delas. Mas pela mente inconsciente – a mente espiritual – as profecias passam a ter compreensão profunda. É este o modo de se conhecer o que Deus fala em toda a Escritura.

O Senhor tem prometido juízos sobre o mundo, não exclusivamente por causa dos ímpios (embora também por estes), mas principalmente por causa da frouxidão da igreja, que se permitiu ser controlada por pessoas inescrupulosas sem esboçar o mínimo interesse em pô-las para fora. Tais pessoas serão humilhadas junto com os ímpios, por se deixarem levar por suas idéias de controle, as quais nem o próprio Deus impõe sobre os homens. A incapacidade de observação da realidade é tamanha que qualquer pessoa com alguma retórica é logo ‘elevada’ à condição de pastor, apóstolo e até mesmo de profeta.

Profeta que profetiza bem e prosperidade deve ficar sob vigilância. Parece estranho dizer, mas os verdadeiros profetas do Senhor agem com mais força em três situações:

  1. Avisos sobre a falsidade do povo;
  2. Ensino para que o povo retorne à sensatez;
  3. Quando o Senhor está para agir sobre a terra[2]

O profeta, geralmente, fala coisas duras porque o mundo jaz no maligno. Não vivemos no paraíso terrestre, portanto, quando o mal avança, os profetas entram em ação falando o que o Senhor lhes dá a falar, e não são coisas boas. Aqueles que andam com o Senhor em fidelidade – o que não significa regramento fanático! – estarão a salvo, mas os que se deixam levar por doutrinas falsas, por palavras bonitas e por falsas demonstrações de poder, serão humilhados; uns para que aprendam e corrijam seu mau proceder; outros, para a própria perdição humilhante. Não se iludam: as crises que ora vemos não vieram pela mão do homem, mas pela mão do Senhor. E não adianta o homem tentar remediá-las desta vez, pois não encontrará solução até que se curve admitindo a própria incapacidade. Estes avisos servem àqueles que conhecem ao Senhor e são conhecidos por ele. Estes serão levantados por algum tempo para que falem a verdade ao mundo, e serão respeitados. Não estarão filiados a qualquer denominação, mas falarão por si mesmos mediante a ação do Espírito para que cumpram a vontade de Deus.

Os demais, que se consideram cristãos e não o são nem de coração, serão mantidos em humilhação para que ouçam o que o Senhor quer. Muitos retornarão ao bom-senso, mas a maioria se distanciará ainda mais, pensando que, se retrocederem, serão considerados retrógrados, incapazes de aceitar o ‘progresso’ e terão vergonha do nome daquele que os salvou. Pregarão um falso Jesus, sem cruz, sem sofrimento, sem redenção, sem glória, mas só alegria sem fundamento. Começa, então, a delinear-se a verdadeira apostasia dos tempos finais. Enquanto isso, as demais profecias relativas ao fim continuarão cumprindo-se até que seja o tempo da revelação do iníquo. Quanto tempo isso demora? Eu não sei, e talvez nunca saibamos até que se completem os dias para Deus ou que o Senhor avise seu povo através de seus servos, os profetas.

Tudo já foi predito nas Escrituras, portanto, o profeta que falar em nome do Senhor tem que saber, ao menos, onde tais profecias já foram anunciadas. O profeta de hoje fala apenas detalhando o que já foi dito e anunciando o tempo do cumprimento das palavras já fixadas nas Escrituras. Não há nova doutrina, nova revelação nem nova forma de salvação: tudo continua como escrito na Escritura Sagrada.

Mais um ponto que merece atenção: Ainda que o diabo lhe recite as Escrituras – e ele sabe fazer isso  – não aceite! A Escritura contém a verdade revelada, mas o diabo a usa para desvirtuar o sentido do que está escrito, querendo a glória para si.  Lembre-se do caso do espírito adivinhador, que perseguia Paulo[3] e Silas dizendo que eram servos do Deus altíssimo. Ora, ele mentia? Parece que não, mas tinha outra intenção: se as pessoas o ouvissem e seguissem Paulo e Silas, a glória seria dele. Ademais, ele queria confusão, espalhando a notícia da presença dos filhos de Deus para que fossem presos, como de fato foram.

Trato desse assunto porque, à primeira vista, todos os modelos apresentados ao mundo hoje, como Justiça Social e coisas semelhantes, embora pareçam bons são, na verdade, malignos em suas intenções. Ainda que lhe pareça bom, diga NÃO! Lembre-se das palavras do apóstolo Tiago, cap.1:

16  Não erreis, meus amados irmãos.

17  Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

Quando houver algo que seja bom para a humanidade, Deus mesmo se encarrega de mostrar, abençoando aqueles que farão Sua vontade. Nada que venha de Deus é imposto pela força. Os que assim agiram no passado, agiram em nome dele mas contra a vontade do Senhor, e hoje a igreja é acusada de maldade por tais atitudes. Não repita o mesmo erro.

Minha palavra final: ore ao Senhor e busque dele a orientação pessoal para os dias que vêm vindo. Não deixe para depois e siga a orientação que ele dará. Já foi dito por Jesus que o Espírito nos guia em toda a verdade, portanto, fique atento à Sua voz. Se o Senhor lhe disser algo que gere certeza em seu coração, obedeça, ainda que todos digam o contrário[4].


[1] At.20:17 e ss.

[2] Am.3:7

[3] At.16:16-18 e ss.

[4] 1Rs.13:11 e ss.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s